A sua Startup está na Nuvem?

A computação em nuvem se torna uma grande ferramenta para empreendedores e negócios

Serviço na Nuvem. Dados na Nuvem. Migração para a Nuvem. O que era uma tendência, hoje já é mais que usual. E a sua startup? Já utiliza a computação em nuvem?

Computação em Nuvem significa poder acessar recursos e realizar tarefas pela internet sem precisar ter um sistema instalado no computador. Os dados não se encontram no seu computador, mas guardados na rede.

Economia

Se os servidores cada vez mais potentes forem substituídos por servidores remotos, o investimento do usuário será menor. Ele só paga os serviços que utilizar: não há espaço ocioso, manutenção, nem energia. Além disso, as empresas não precisam mais de grandes equipes de TI para manutenção da rede e rotinas do setor; tudo já é feito remotamente. Para empresas que não possuem tantos recursos, não há benefícios melhores.

Claro que não é tão simples assim. Para atender as necessidades da sua empresa ou mesmo criar um negócio baseado em nuvem é necessário entender os diversos modelos e formas de implementação. Você conhece os tipos de computação em nuvem?

Infraestrutura como Serviço (IaaS): oferece os recursos básicos, máquinas virtuais. Elimina do usuário detalhes de recursos físicos, participação de dados, segurança e backup.

Plataforma como Serviço (PaaS): permite a implementação das atividades eliminando infraestrutura adjacente. Oferece plataformas com sistemas operacionais e ambientes de programação.

Software como Serviço (SaaS): oferece um software completo, executado e gerenciado pelo provedor. O usuário não precisa pensar sobre os recursos básicos nem a infraestrutura adjacente, só utiliza o aplicativo ou o software.

Apesar do receio de alguns usuários em relação a segurança e a confiabilidade dos sistemas na nuvem, o movimento das grandes empresas do meio, como Microsoft, Google e Apple, que até melhoraram seus resultados de vendas por esses serviços, mostra que a Nuvem é uma grande oportunidade para negócios que buscam facilidade, mobilidade e custo/benefício.

Tags

Comentários