Startup Sebrae Minas

Conhecimento para avançar mais rápido. É o mínimo que sua startup precisa e o que oferecemos aqui no nível máximo.

 

O Sebrae

O Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae) é um serviço social autônomo que auxilia o desenvolvimento de pequenos negócios, estimulando o empreendedorismo no país. O fomento à atividade empreendedora faz parte do DNA e da missão do Sebrae.

Em Minas Gerais, a instituição vem fortalecendo sua representatividade junto às startups. Por meio do projeto Identidade Startup, o Sebrae Minas articula parcerias para potencializar empresas inovadoras com alto potencial de crescimento.

 

Identidade Startup Sebrae Minas

Minas Gerais é o segundo estado do país em número de startups, atrás apenas de São Paulo, segundo o site startupbase.net. Além disso, há uma grande movimentação, em nível nacional, para promoção das startups e do próprio ecossistema.  Atento a essas tendências, o Sebrae Minas busca se posicionar como indutor do processo de desenvolvimento da cultura empreendedora e disseminador de conhecimento para as startups mineiras.

Por isso surgiu o projeto Identidade Startup Sebrae Minas, que tem como objetivo desenvolver e fortalecer o ecossistema de startups no estado de Minas Gerais, por meio de ações de articulação institucional, mapeamento do ecossistema, incentivo e capacitação para os empreendedores de Startups.

O projeto atende empreendedores, sobretudo os digitais, que têm projetos focados em tecnologia e inovação. As soluções do Sebrae Minas são oferecidas de acordo com o perfil do empreendedor, desde aquele que está entrando no movimento das startups, passando pelo empresário que tem uma ideia, mas precisa aprimorar a gestão para alavancar o negócio, até aquele que já é bem-sucedido em seu mercado de atuação.

 

Momento empreendedor

Para uma startup, velocidade, consistência e tempo são fundamentais. Nesse sentido, entender o seu momento empreendedor é muito importante, pois potencializa o atendimento de suas expectativas e otimiza seu percurso rumo ao desenvolvimento do negócio. Saber o que precisa e quem pode ajudá-lo pode ser um “atalho” providencial no processo de empreender.

Momento T0 – Curiosidade

Potencial empreendedor que ouviu falar sobre startups e está na fase de busca de informações. Quer entrar no movimento e conhecer sobre inovação e tecnologia. Ideias lhe vêm à cabeça, mas ainda busca saber mais sobre empreendedorismo e redução de riscos para realizar algo inovador. Seu propósito ainda não está claro – o que o mobiliza é uma curiosidade sobre a possibilidade real de empreender com sucesso.

Curiosos são “Empreendedores Potenciais”.

Momento T1 – Ideação

Potencial empresário (a) que está na fase de testar e validar suas ideias de negócio. Precisa estruturar a lógica do modelo de negócio: criar, entregar e capturar valor; além de conhecer mais sobre o planejamento prévio e a dinâmica empreendedora. Faltam-lhe informações sobre inovação, liderança, negociação, mercado e gestão. Há vontade de empreender, mas é preciso refletir e decidir sobre a viabilidade da ideia.

Candidatos a empresário são “Iniciantes” (beginners)

Momento T2 – Operação

Empresário (a) cujo negócio já foi validado e está na fase inicial de operação. Possui um negócio consistente e ascendente, já passou por alguns desafios inesperados e persiste no propósito de bons resultados. Precisa incrementar suas estratégias, seus comportamentos empreendedores, e ampliar suas habilidades em gestão, marketing, finanças e liderança de equipes – o ganho de eficiência vai assegurar o futuro do empreendimento.

Operadores são “Fundadores”.

Momento T3 – Tração

Empresário (a) cujo negócio já está em operação, possui tração e tem potencial de alavancagem. Necessita de conhecimento avançado sobre gestão, vendas e qualidade relacionado ao negócio, e de potenciais parceiros para o seu crescimento. Tem consciência da necessidade de conquistar novos mercados e aperfeiçoar a gestão. A experiência adquirida deu-lhe amadurecimento e os resultados do negócio geram impacto na sua renda pessoal. Já pensou em formas de crescer mais rápido, na possibilidade de buscar novos investimentos ou novos parceiros.

Na fase de tração, os empreendedores são “Escaladores”.

Modelo de Sucesso

Um grupo menor, formado por empresas e empreendedores que conseguiram escalar seus negócios até uma posição de liderança e destaque em seus mercados e regiões de atuação. Já deixaram de ser startups e são vistos como referências por empreendedores novatos nos mesmos segmentos, pois suas histórias são, frequentemente, ilustrativas do percurso para negócios bem-sucedidos.

Modelos de sucesso são “Estrelas”.

 

Conheça também:

 Academia Sebrae – uma plataforma que conecta os jovens ao mundo do empreendedorismo.