Saiba mais sobre aceleradoras de startups e ecossistemas empreendedores

Uma conversa sobre aceleradoras e sobre o promissor e inovador ecossistema empreendedor de Belo Horizonte com quem tem o trabalho de ajudar startups

Juliana Saldanha é sócio-fundadora do Doatorium, plataforma de compartilhamento de produtos. Além do cotidiano de empreender uma startup, faz parte da equipe da Techmall, uma acelaradora de startups. Nessa conversa, conhecemos mais sobre o que é uma aceleradora e sobre o ecossistema empreendedor de Belo Horizonte.

banner doatorium

O que é uma aceleradora de empresas?
J.S.: A aceleradora disponibiliza infraestrutura, networking, investimento e suporte em inteligência de negócios para que a startup acelere seu negócio. A aceleradora é a extensão do time da startup e é um sócio da startup, realiza investimentos financeiros e possui como contrapartida o equity da startup.

Quais os maiores desafios que destaca para uma startup durante o processo de aceleração?
J.S.: A startup precisa ter muito foco. O programa de aceleração é muito intenso e a startup precisa acompanhar todo o processo com agilidade e dedicação.

Belo Horizonte atualmente está atraindo atenção nacional e internacional pelo desenvolvimento do seu ecossistema empreendedor, tendo o San Pedro Valley e o SEED papéis importantes nisso. Quais são os pontos que diferenciam e que caracterizam o ecossistema de BH?
J.S.: Acredito que esse destaque pode ser atribuído a diversos fatores. Investimentos por parte do governo vêm estimulando a atração de investimentos privados. A presença de instituições referência como a Universidade Federal de Minas Gerais com forte tradição em ensino e pesquisa e a Fundação Dom Cabral, considerada uma das melhores Business School do mundo, que vem interagindo cada vez mais com o ecossistema. Fazendo uma associação com o Vale do Silício e Boston, percebemos aqui uma sinergia em que as aceleradoras, incubadoras, startups, fundos e universidades não trabalham em regime de concorrência, mas de cooperação.

Você é gestora da Techmall, uma aceleradora de Belo Horizonte qualificada no programa Startup Brasil. Conta um pouco o que é esse programa e o que a Techmall está levando para as startups selecionadas.
J.S.: O Startup Brasil é um programa do Governo Federal para apoiar empresas nascentes de base tecnológica. As startups aprovadas recebem até R$ 200 mil e participam de atividades de aproximação com investidores e clientes, eventos de capacitação e networking e acesso ao Hub internacional no Vale do Silício. O Techmall é uma das 12 aceleradoras credenciadas pelo programa e proporciona à startup selecionada o envolvimento direto de seu time executivo e com experiência internacional em aceleração de startups; a aplicação de metodologia de aceleração própria, agressiva, baseada em práticas mundiais e com foco em vendas; e investimentos de até 70 mil reais. Nossa missão é criar MONSTROS empreendedores.

Leia também

terceirização-miniatura lean-2-250

Tags

Comentários