O nascimento do canvas é a morte do plano de negócios?

Entenda finalmente a diferença entre as duas ferramentas e descubra como aproveitar as vantagens de cada uma delas a favor do seu negócio!

Para quem já nasceu usando a internet, ou para quem está acostumado com a velocidade e amplo acesso à informação, o que é simples de entender e fácil de fazer costuma ser a opção mais atrativa. Não é a toa que o Business Model Canvas se popularizou com velocidade impressionante no universo das startups, sendo usado pela grande maioria dos jovens empreendedores na modelagem de negócios. E com o Canvas reinando, há quem diga que não existe mais espaço para detalhado Plano de Negócios, e prevê a morte dessa ferramenta antiga, que já ajudou muita empresa a ter sucesso. Mas será mesmo o fim do Plano de Negócios?

plano de negócios

O fato do Canvas ter surgido não significa que não há mais espaço para o Plano de Negócios. As duas ferramentas são complementares e juntas podem ajudar muito o empreendedor. Enquanto o Business Model Canvas ajuda a validar uma ideia de negócio (como já falamos aqui), o Plano de Negócios ajuda a detalhar esta oportunidade já identificada, mensurar seu potencial e indicar o caminho para o empreendedor atingir as metas do negócio. No Plano de Negócios são levantados custos e despesas, traçadas estratégias de ação para diferentes áreas, indicadas projeções financeiras de receita e lucro, além de análises sobre aplicabilidade, valor e rentabilidade do mercado. Com isso, o empreendedor demonstra os investimentos e recursos iniciais necessários, verifica se é possível atingir determinadas metas e traça planos para atingí-las.

canvas

Em resumo, uma ferramenta não exclui a outra e o ideal é usá-las em momentos diferentes. Use o Canvas para testar uma ideia de forma rápida antes de partir para o detalhamento com o Plano de Negócios. Afinal, não faz sentido já começar aprofundando em algo que não se sabe se realmente é um modelo viável de negócio. Enquanto o Canvas ajuda a definir a essência básica de uma ideia, o Plano de Negócios é um mapa do caminho a seguir para ter sucesso.

Com tudo isso, dá para entender o porquê do sucesso do Canvas no universo das Startups. Como as empresas nesse formato mudam muito rapidamente em busca do modelo de negócio ideal para gerar o máximo de receita, fazer um plano de negócios detalhado pode demorar muito e acabar sendo perda de tempo. No entanto, o Plano de Negócios também tem grande valor para startups em momento de busca por investimentos. Pois além de usar o Canvas para demonstrar rapidamente a lógica do negócio, é necessário detalhar para quê é necessária determinada quantia de dinheiro, além de ser importante indicar as projeções de retorno do investimento, convencendo quem tem grana a investir na sua ideia.

Já que agora entendeu a diferença, aproveite para usar as duas ferramentas para evoluir o seu negócio! Saiba mais sobre o app SEBRAE Canvas e sobre o software de Plano de Negócios 3.0.

Via

1     2     3     4     5

Tags

Comentários