Empresa mineira de gestão de resíduos é aprovada no Brasil Inovativa

Conheça a NET Resíduos, uma ferramenta com consciência ambiental que passou na primeira etapa do programa de aceleração do Brasil Inovativa

No Brasil são geradas 78,6 milhões de toneladas de Resíduos Sólidos Urbanos por ano. Na construção civil e industrial, a gestão de resíduos ainda é um desafio, seja por falta de apoio da prefeitura ou do próprio gestor. Para tornar esse trabalho mais fácil, surgiu a NET Resíduos, um produto criado pela Ambiência em conjunto com a Conecta Brasil.

Disponível para computador, tablet ou celular, a ferramenta auxilia no planejamento e gestão de resíduos da construção civil e industrial por meio de um painel de controle bem desenhado, possibilitando ao usuário criar notificações personalizáveis e produzir relatórios completos. A ferramenta monitora o fluxo dos resíduos desde a geração até o destino final, conectando os responsáveis das obras às empresas – com permissão da prefeitura – para transportar os materiais aos locais adequados. Recentemente, a NET Resíduos foi aprovada na primeira etapa do primeiro ciclo de 2016/1 do programa Brasil Inovativa.

O Brasil Inovativa

O Brasil Inovativa é um programa gratuito de aceleração para negócios inovadores em todo país, apoiado pelo Sebrae, realizado pelo Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior (MDIC) e executado pela Fundação Centros de Referência em Tecnologias Inovadoras (CERTI). Ele oferece capacitação por meio de cursos e atividades, acesso a mentores nacionais e internacionais, networking, suporte para internacionalização, entre outros apoios às empresas.

A participação nos ciclos de aceleração do Brasil Inovativa requer aprovação dos avaliadores do Programa, sendo 300 vagas disponíveis para a primeira etapa de cada Ciclo e até 125 para a última etapa. Veja os requisitos para se inscrever:

– Negócios inovadores de qualquer setor da indústria, comércio, serviços e agronegócio;

– Negócios pré-operacionais com produto/serviço em estágio final de desenvolvimento, protótipo, versão beta ou produto pronto, mas ainda não comercializado;

– Para startups já estabelecidas, há dois limites:

1. Faturamento anual máximo de R$ 3,6 milhões

2. Que não tenha recebido investimento em participação de terceiros (investidor anjo, fundo de investimento) acima de R$ 500 mil.

Tags

Comentários