7 dicas para gerir o fluxo de caixa do seu novo negócio

Veja 7 dicas para lidar com um dos maiores desafios de novos empreendedores: gerir o fluxo de caixa da startup

Um dos maiores desafios dos novos empreendedores é saber lidar com o dinheiro da startup. Não é à toa que ficar sem grana é um dos principais motivos pelos quais empresas terminam pouco depois de começarem. Por isso, separamos sete dicas para você começar seu empreendimento sem (muitos) sustos e evitar o fatídico destino de tantos outros.

1. Saiba quando você atingirá o break even

O break even é o ponto em que receita e gastos estão iguais, ou seja, sua startup está começando a render. Saber quando esse momento chegará pode não impactar seu fluxo de caixa, mas colocá-lo como objetivo vai oferecer a você uma orientação sobre como gastar seu orçamento até atingi-lo.   

2. Fique de olho na gestão de fluxo de caixa

Evite focar demais no lucro. Parece uma contradição com o primeiro ponto, mas não é. Olhar para o lucro e para o break even é uma forma de criar referências, mas você ainda precisa se concentrar no fluxo de caixa e isso não muda quando você começa a ganhar dinheiro.

“Todo mês não é o suficiente”, diz Derek Flanzraich, da Greatist. “Quase toda semana eu olho minhas finanças pessoais e administrativas ”.  

3. Sempre tenha uma reserva de emergência

O mundo das startups é selvagem e imprevisível. Logo, não esqueça seu kit de sobrevivência: uma reserva de dinheiro para crises. Ele te dá segurança, diminui o estresse e as distrações, além de permitir seguir em frente com seu plano de crescimento.

4. Ofereça descontos para quem pagar mais cedo

Caso você não queira esperar ou precise receber os pagamentos com antecedência, ofereça descontos para os clientes que pagarem antes. Não se esqueça de criar termos de pagamentos com multas para atrasos e deixe-os bem claros.

5. Estenda seus pagamentos

Receba o quanto antes, pague sempre depois. Negocie com seus fornecedores da melhor forma para poder pagar em 60 dias ou mais, se possível.

6. Saiba contratar

Ao invés de “só contratar quando realmente precisar”, como muitos empreendedores defendem, pense em contratações inteligentes. Se você pode obter um talento que trabalhe por dois ou mais profissionais medíocres, é possível que essa aquisição seja vantajosa apesar do alto salário.

7. Use e abuse da tecnologia

Já falamos aqui sobre ferramentas que podem auxiliar na gestão financeira da sua startup. Além disso, considere utilizar serviços de armazenamento em nuvem para guardar suas planilhas de fluxo de caixa de forma segura e facilmente acessível em qualquer lugar.

Tags

Comentários