5 fundamentos para crescer a sua startup

Veja algumas dicas de marketing e growth marketing para ajudar sua startup a crescer

Começar uma startup é ao mesmo tempo excitante e desafiador. Se você está com seu plano de negócios bem definido, já é um ótimo começo. Agora vamos falar sobre como otimizar o crescimento da sua empresa com algumas dicas de marketing e growth hacking. Confira:

1. Network

Não é à toa que este texto sobre networking é um dos mais lidos do nosso site. Criar uma rede de contatos pode trazer grandes resultados para negócios, especialmente quando feita com influenciadores do seu mercado. Se você ainda não tem uma, frequente eventos de networking, entre em contato com outros profissionais, siga seus blogs e redes sociais, e participe de grupos de discussão, principalmente do LinkedIn.

2. Comece pequeno

Ao invés de tentar agradar e vender para todos, comece definindo um pequeno nicho de consumidores. Se der certo, você pode considerar expandir seu alcance. Mas fique atento: nem sempre mais é melhor e ficar no seu nicho pode resultar em uma estratégia de vendas mais eficaz.

3. Conteúdo é rei

Independente em que plataforma você publica o seu conteúdo (blogs, sites, mídias sociais, etc.), seja viável, regular e relevante. Foque no seu público e produza algo que seus atuais e potenciais consumidores queiram ver. Planeje e siga estratégias de SEO para ter mais visibilidade e não se esqueça da importância de imagens e vídeos.

Lembre-se que ninguém vai seguir um blog ou rede social de uma empresa que só sabe falar de si mesmo. Ao invés de afirmar que seu negócio é o melhor, mostre isso compartilhando o seu conhecimento. Seu público será grato, terá mais confiança em seu serviço e as chances de optar pela sua marca só aumentam.

4. Tenha uma lista de e-mails

Construa sua lista de e-mails/assinantes. E-mail marketing ainda é uma poderosa forma de vender seus produtos ou simplesmente manter contato com seus clientes. Em seu site, ofereça algo em troca do e-mail da pessoa, como um e-book, por exemplo, com conteúdos exclusivos ou uma promoção especial.

5. Redes Sociais

Reforçar a importância das redes sociais para negócios é quase chover no molhado. É bem provável que todos os stakeholders da sua startup estejam lá, mas é preciso saber filtrar a sua presença. Ter um perfil no Pinterest pode ser muito bom para um negócio ligado ao design, mas talvez seja irrelevante para uma empresa de biotecnologia, por exemplo.

No mais, lembre-se do que dissemos no número três desta lista: seja relevante. Seu post é apenas mais um na linha do tempo dos usuários e cada segundo de atenção conta. Além disso, não se esqueça de responder os comentários de seus seguidores.

Via

Tags

Comentários